domingo, 14 de fevereiro de 2010

Carnaval

História e etimologia



A festa carnavalesca surgiu a partir da implantação, no século XI, da Semana Santa pela Igreja Católica, antecedida por quarenta dias de jejum, a Quaresma. Esse longo período de privações acabaria por incentivar a reunião de diversas festividades nos dias que antecediam a Quarta-feira de Cinzas, o primeiro dia da Quaresma. A palavra "carnaval" está, desse modo, relacionada com a idéia de "afastamento" dos prazeres da carne marcado pela expressão "carne vale", que, acabou por formar a palavra "carnaval".
A algazarra com que comemoramos o Carnaval actualmente passa bem longe do que se poderia fazer noutras épocas.
O Tempo da Quaresma é um tempo forte de conversão e penitência, jejum, esmola e oração. Por isso cumpre-se a tradição de se fazerem tambem doces,  para simbolizar fartura, fartura essa que só se voltariam a fazer pela Páscoa.
 Doces tradicionais que se fazem por tradição pelo carnaval, em  Pias e em localidades alentejanas.


Bolinholos


 Um pão em massa,
sumo de uma laranja
um ovo,
e um calice de aguardente.
Depois da massa, toda envolvida deixa-se levedar e frita-se em óleo bem quente.Polvilham-se em açúcar e canela.

Borrachos





  Farinha
Banha de porco
Vinho branco
Chá de canela em pau

Começa-se por escaldar a farinha com a banha a ferver, envolve-se muito bem e passa-se a farinha com as duas mãos para não ficar com grumos deita-se a água de canela e vai~se amassando e por fim o vinho branco até a massa porder estender-se co a ajuda do rolo. Talhanse pequenas dode-las com buraco no meio e fritam-se em óleo bem quente. No final polvilam-se em açúcar e canela.


Filhozes Grandes



Farinha
Azeite
Sumo de laranja
Ovos
Sal qb
Fermento

Começa-se por escadar a farinha com o azeite a ferver, e vão-se juntando os outros ingredientes um a um
e amassa-se a massa até estender como os passos da receita anterior.  Tende-se pequenas bolas de massa  e talham-seas filhós  do tamanho dum prato de sobremesa, fritam-se tambem em azeite quente e polvilam-se em açúcar e canela.


Muitas mais receitas há para fazer neste tempo de carnaval, como as Filhós de formas o Pinhonate. Para alé de outras.

1 comentário:

aninhas disse...

Ai Barbinha, já me está a crescer água na boca, esses bolinholos devem ser deliciosos, não queres vir cá trazer-me uns pouquinhos?