sexta-feira, 19 de março de 2010

Alcunhas da Minha Terra (Pias)

  A freguesia de Pias situa-se no concelho de Serpa e faz parte do agrupamento de concelhos designados por Margem Esquerda do Guadiana. Falar de Pias, é o mesmo que falar do Alentejo. Na verdade o Alentejo é uma Pátria. Onde o seu território é um espaço de Poesia e Liberdade que existe para além dos contornos Físicos da luz, da geografia do silêncio e do seu clima quaternário. Sedimentada na sapiência pelo respeito que se escalpe a Partir do berço, é habitada por gentes iluminadas pela riqueza da simplicidade de gestos e tradições. Corre nas veias muitas páginas de história, a luz cheia de Janeiro e o vinho estético da revelação.

Na saudade, Ressurreição dos mortos e invenção dos dias. A Paixão do cante – menina bonita devoção ou acrobacia em petiscos da taberna, ao fim da tarde em roda de amigos “E a cantar, a cantar vamos rezar”.
Ser Alentejano é uma forma de estar na vida. É um estado de alma. O Alentejo não é propriedade de ninguém.
Uma alcunha ou apelido (em Portugal, o termo "apelido" também é usado como sinónimo de "sobrenome") é uma designação não -oficial criada através de um relacionamento interpessoal, geralmente informal, para identificar uma determinada pessoa, objecto ou lugar, de acordo com uma característica que se destaque positiva ou negativamente, de forma a atribuir-lhe um valor específico.
As alcunhas mais comuns normalmente têm origem em características físicas do indivíduo, como aleijadinho, manco, coalho, quatro-olhos. Também são fontes de inspiração para os ápodos alguns ofícios (padeiro, leiteiro,) e o local de origem (alemão, japonês, baiano, carioca). Deve-se considerar ainda que as alcunhas podem prejudicar psicologicamente o seu alvo, quando assumem carácter pejorativo, evidenciando uma característica que o mesmo desaprove.
Vou aqui descrever algumas alcunhas da minha terra.
A
Africano
Águia- Real
Abelha
Andorinha
Argolinhas
Arraia
Arranca Pregos
Arrobas
Azougado
Arreias
Avante

B

Bacalhau
Bacera
Badalo
Balda
Badalhoca
Baixinho de Cú
Barriga de Aço
Barrigadas
Barringue
Batata
Bate-Solas
Béjinha
Bic
Bicas
Bimbas
Bita
Bitá
Bibe
Boca á Velha
Boga
Bugango
Bolinhas
Bonequinho
Borda de Água
Borrego
Brejeiro
Brôa
Borreguinho do Alvarão
Bucha
Bocha
Barata
Balola
Barrabote
Bagaceira
Biconga
Butrina
Barrelas
Burrinha
Barril
Bem – Amado
Bisorga
Bombocas
Béguinha
Baldosa
Bico – Doce
Borefa
Bife
Bruxa da Renova

C

Cágado
Cabeça de Tractor
Caneca
Cabeçudo
Cabelinho de Rato
Cabinho
Campaniça
Cabra
Cabrita
Cafezeiro
Carnuça
Caga -Amarelo
Caga- Azeite
Caga- Favas
Caga na Talega
Cagalhão
Caixinha
Calaca
Caldinho
Caldinho Verde
Cara de Cú
Cú de Grão
Cú de Musico
Cara de Macaco
Cara de Moça
Cara Partida
Carinhas
Carloto
Carrão
Carrolinho
Catinga
Cavalinho
Cartuxinha
Cartucheiro
Carvão
Cid
Ciganito
Cinta de Seda
Cinco Tostões
Chico Padre
Chico Cheles
Charinho
Checo
Chibinho
Choca
Cravo do Monte
Cocas
Comboio Novo
Comidinhas Leves
Corvo
Cucharro
Caroca
Cabras
Caramelo
Carochinha
Cunha
Chocalhinha
Cabeça de Agrário
Cabeças
Cefêra
Coelhas
Cai logo
Cuspideiro
Cú- Baixo
Corta- Fino
Cação
Cobra
Calêras
Cadecha

D

Da-boa
Démis
Desganado
Deus
Deus nosso senhor
Dinis
Duzentas cinquenta
Dura Pouco
Doidinha
Dinamite
Dente de ouro



Empinadinho
Espargueira
Estoura Bombas
Europa
Engaço
Espanholito(a)
Espalha-Brasas
Escarapão
Ervilha
Estraga Barros
Estraga Vendas

F

Fala Barato
Fazmeia
Fanéia
Fantasma
Fadinho
Faíscas
Feliz
Ferrolho
Fininho
Fraguito
Fuinha
Frenéticas
Falhancas
Fartinha
Fragata
Fanina
França
Furão

G
Galfarinho
Galifão
Galhanas
Gamanito
Ganguinha
Gato
Gerivás
Gigante da de Pinto
Guitareiro
Galado
Groja
Gasosa
Gioconda
Giboia
Galega
Galinhita

H

Hoss
Hougado

I

Ideias
Inglês

J

João Barril
João dos Bichos
João do Olho
Joaquim da Vagem
Joaquim Pazinhas
Joaquim do Pisanito
Justo
Japão
Já Caiu

L

Labumba
Lagartinho do Gamago
Laró
Lecas
Leite de Burra
Lélita
Limitada
Lico
Lois
Lela - xito
Lisboa

M

Mácabelo
Macho
Mainante
Malacuco
Malagueta
Manaca
Manatula
Má Vinho
Mantas
Manita Fechada
Mata a Mãe
Matateu
Melro
Mija Bem
Mira
Miséria Engrafatada
Móminha
Mosquito
Muchacha
Machinha
Molas
Matarás
Manel das Velas
Meia Dose
Mioleiras
Manhoso
Mata Burão
Mastigador
Melharuco
Magana
MariMelância
Manhecas


N

Nica
Navalhão

O

Orelhas
Ouriço
Olho de Mocho

P

Palantra
Palheto
Palhinha
Papa Léguas
Papa Rebuçados
Pápim
Pardalinho
Parrancha
Parragil
Pastilhas
Patinhas
Pata Fina
Pau Preto
Pedana
Pepino
Pêga
Pêguinha
Peixe
Pélé
Pêra
Perdigão
Petaças
Pica Chouriços
Pila
Pisa á Poia
Poia de vaca
Pimentinha
Pingue
Pironga
Pôpa
Paneiras
Papa- Açorda
Pitoga
Popia –Caiada
Primavera
Palmadinhas
Perna de Mola
Pombinha
Pai – Herói
Pintelhera
Poia de Kilo
Piolas
Piteiro
Pão - Mole
Pata – Curta
Pé Curto

Q

Quitolas
Quindão
Quinórias
Quer- Ir
Quilo e Meio

R

Rapé
Rápido
Rato
Remexido
Rijo
Risco ao Lado
Rondanito
Russo
Rainha da Sucata
Saco - Azul
Rubeba
Ranhoso
Rufa

S

Saramenho
Show
Só - Mil
Suíça
Sopa
Sola-Grossa
Saleiro
Sapata
Siroido
Soizinha
Sala Sete Golas
Salta


T
Talabita
Taliano
Tanisa
Tarrinca
Tenrinho
Texugo
Ti –Lico
Ti- Manicote
Ti- Rei
Toino do Forno
Tola
Tombinhas
Tora
Tordinho
Torrecas
 Travolta
Taleguinha
Tombinhas
Tacheta
Touquinha
Testa-Mole
Tê Taitai
Toino Peles
Torto
Trabuco
Teso



Unha-Gata
Uxla Castanita
Uxla Setera

V

Váguim
Vigas
Veca
Vila Nova
Vezinha Ropêra

X

Xaréu
Xepa
Xico Quer Pão

Z

Zé- Cutelo
Zé de Alvito
Zé do Barranco
Zé da Boneca
Zé da Febre
Zé Governo
Zé Guisado
Zé –Mau
Zé- Cabreiro
Zé das Moças
Zé Mulato
Zé da Penca
Zé Macho
Zé Peta
Zé de Serpa
Zorra – Gaga
Zorro
Zé Cuzana
Zorrito
Zé da Mina
Zé Bolegas.

Peço Desculpa se ferir alguem não é essa a minha intenção. Quero com isto mostrar a nossa cultura e como são conhecidas as nossas gentes. Como se associam nomes ás nossas gentes.

Bárbara  Carvalho Vidinhas

9 comentários:

aninhas disse...

Deves levar alguma tareia de alguém mais "encharnicado", se estivesse aí a minha alcunha estavas "feita ao bife". Se algum alfacinha for ler isto não entende "patavina".Jokas

milita disse...

eu cá ñ tenho alcunha! sera k se for a pias levo co uma?? livra te delas...ehehehe

Giovanni Palantra disse...

Sorry but I do not speak portugues, I'm italian and I've noted that my surname (Palantra) is listed in this page as a nickname. Could everyone explain to me what's its meaning?
Thanx a lot
Giovanni Palantra

aninhas disse...

Barbinha, este diz que ñ vende a espingarda porque é do pai dele, ah ah ah...

Barbinha Maria disse...

Resposta ao Sr Giovanni Palantra,Palantra ém português quer dizer passarinho acabado de sair do ovo, até sair do ninho.

Barbinha Maria disse...

Resposta ao Sr Giovanni Palantra,Palantra ém português quer dizer passarinho acabado de sair do ovo, até sair do ninho.

Barbinha Maria disse...

Response to Mr Giovanni Palantra, Palantra in Portuguese means bird just left the egg, until it leaves the nest. Bárbara

Anónimo disse...

Barbara
Já agora qual o significado de Talabita?

Anónimo disse...

Olá Barbara está de parabens pelo teu Bloc, eu sabia que tinhas umas mausinhas de fada mas com o que acabei de ver não tenho palevras para descrever...(mas tenho a dizer-te que ainda falta Janaca na lista de alcunhas) muitos parabens beijinhos